Barraco! Andreia Sorvetão E O Marido Se Envolvem Em Pol

11 May 2019 12:33
Tags

Back to list of posts

<h1>Ranking Por fim, O Que &eacute;? Confedera&ccedil;&otilde;es Esportivas Brasileiras Nas M&iacute;dias Digitais &eacute; Apresentado</h1>

<p>A ascens&atilde;o das chamadas not&iacute;cias falsas (fake news, no termo em ingl&ecirc;s) a um material de tristeza em todo o mundo colocou no centro da conversa o papel de redes sociais como Facebook, Google, YouTube, Twitter e WhatsApp. As m&iacute;dias sociais s&atilde;o terreno f&eacute;rtil pra difus&atilde;o de not&iacute;cias falsas por diferentes motivos. Alguns criadores desses conte&uacute;dos procuram publicar uma ideia ou atacar uma pessoa, partido ou organiza&ccedil;&atilde;o. Outros t&ecirc;m motiva&ccedil;&atilde;o econ&ocirc;mica, uma vez que a vasto circula&ccedil;&atilde;o de uma publica&ccedil;&atilde;o gera intera&ccedil;&otilde;es, o que pode se traduzir em dinheiro pela l&oacute;gica de veicula&ccedil;&atilde;o de an&uacute;ncios nessas plataformas.</p>

<p>Foi o caso, como por exemplo, de adolescentes da Maced&ocirc;nia que constru&iacute;ram perfis para divulgar not&iacute;cias falsas nas elei&ccedil;&otilde;es dos EUA em 2016 como fonte de renda. Treinamentos E Capacita&ccedil;&atilde;o Profissional, Marketing Digital, Cont&aacute;beis, Departamento Pessoal E Legaliza&ccedil;&atilde;o escolhas geraram intensos questionamentos. Pela &Iacute;ndia, o WhatsApp, aplicativo de propriedade do Facebook, virou t&oacute;pico de tristeza nacional nas &uacute;ltimas semanas ap&oacute;s uma s&eacute;rie de assassinatos e linchamentos a partir de dicas falsas divulgadas na m&iacute;dia social. O Google sofreu avalia&ccedil;&otilde;es por exibir nos resultados de busca sugest&otilde;es falsas, em tal grau sobre isso as elei&ccedil;&otilde;es dos EUA quanto sobre detalhes hist&oacute;ricos, como o Holocausto.</p>

<p>M&iacute;dia social mais criticada, o Facebook primeiramente rebateu as acusa&ccedil;&otilde;es relativas ao papel nas elei&ccedil;&otilde;es dos EUA, entretanto ap&oacute;s o pleito passou a publicar um conjunto de medidas pra cortar a circula&ccedil;&atilde;o dessas mensagens na sua plataforma. A principal delas foi a promo&ccedil;&atilde;o de um acordo com ag&ecirc;ncias de checagem para averiguar a veracidade de publica&ccedil;&otilde;es. No Brasil, a parceria envolve as ag&ecirc;ncias Lupa, Aos Dados e France Press. Conte&uacute;dos s&atilde;o selecionados a come&ccedil;ar por sistemas automatizados da plataforma e a come&ccedil;ar por den&uacute;ncias feitas por pessoas.</p>

<ol>

<li> Vivo Vai Acompanhar Sele&ccedil;&atilde;o Brasileira Em Lives Em Redes sociais P&eacute; de Vento</li>

<li>Presen&ccedil;a n&atilde;o &eacute; campanha</li>

<li>2011 Yearbook: June Independente</li>

<li>Instagram ganha bot&atilde;o Mute para silenciar amigos sem deixar de acompanhar</li>

<li>SEJA Concentrado E PRESTATIVO</li>

<li>8 Vince Vader</li>

<li>Poder&aacute; haver Contratos diversificados de trabalhos pra gerenciar</li>

<li>23 Carlos Cardoso - Poeta</li>

</ol>

<p>H&aacute; ferramentas pra que usu&aacute;rios possam assinalar um post como fake news. Logo em seguida, s&atilde;o checados pelas ag&ecirc;ncias - cada uma com metodologia espec&iacute;fica. Em 2017, o Facebook divulgou que as checagens apareceriam como uma dica adicional. Entretanto, em 2018 elas passaram a ter decorr&ecirc;ncias pros autores. Aquelas mensagens consideradas falsas t&ecirc;m o alcance reduzido, e os usu&aacute;rios que as compartilharam recebem uma notifica&ccedil;&atilde;o. Outra frente de atua&ccedil;&atilde;o &eacute; o duelo aos perfis falsos, identificados como um aparelho de difus&atilde;o de fake news.</p>

<p>A organiza&ccedil;&atilde;o anunciou em maio que derrubou por este ano, em m&eacute;dia, seis milh&otilde;es de contas falsas por dia. A remo&ccedil;&atilde;o ocorreu baseada nos “par&acirc;metros da comunidade”, regras que, no momento em que violadas, geram a elimina&ccedil;&atilde;o da publica&ccedil;&atilde;o. O Planejamento De Assunto Pra Redes sociais de &oacute;dio, v&aacute;rias vezes membro a not&iacute;cias falsas, tamb&eacute;m &eacute; material de retirada. “Tamb&eacute;m removemos 2,cinco milh&otilde;es de conte&uacute;dos com discurso de &oacute;dio no primeiro trimestre de 2018”, informou o vice-presidente de artefato, Guy Rosen, em comunicado publicado em 15 de maio. O Google impossibilita utilizar o termo fake news, adotando os conceitos de “conte&uacute;dos enganosos, manipulados e fabricados”.</p>

<p>A plataforma contribuiu para fundar uma coaliz&atilde;o internacional a respeito do assunto, chamada First Draft. Por esse ano, a rede vai realizar um programa de checagem de dicas nas elei&ccedil;&otilde;es que adquiriu o nome de &quot;comprova&quot;, contando com a presen&ccedil;a de incalcul&aacute;veis &oacute;rg&atilde;os de m&iacute;dia do povo. A plataforma criou tamb&eacute;m um bra&ccedil;o retornado ao jornalismo, Google Not&iacute;cias. Este exerce projetos de desafio ao jornalismo de caracter&iacute;stica, como financiamento de projetos e cursos. 1,doze bilh&atilde;o nesta frente.</p>

<p>Para a identifica&ccedil;&atilde;o e verifica&ccedil;&atilde;o de conte&uacute;dos falsos disponibilizados pela ferramenta de pesquisa, foi montado um selo de checagem de detalhes. “O selo de checagem n&atilde;o significa prioriza&ccedil;&atilde;o pela busca. Tamb&eacute;m, a organiza&ccedil;&atilde;o ajustou os sistemas da ferramenta de busca e inseriu o que chama de “avaliadores de qualidade”, indicadores que s&atilde;o lidos para que a ferramenta de procura n&atilde;o disponibilize o assunto enganoso. Como maneira de promo&ccedil;&atilde;o de ve&iacute;culos jornal&iacute;sticos tradicionais, foi inclu&iacute;do na p&aacute;gina do website um carrossel com not&iacute;cias de parceiros em destaque.</p>

vector-social-media-icons.jpg

<p>O Twitter n&atilde;o anunciou medidas espec&iacute;ficas contra fake news, por&eacute;m confronto o que chama de “contas automatizadas mal-intencionadas e/ou que disseminam spam”, perfis falsos ou os chamados rob&ocirc;s (ou bots, no termo em ingl&ecirc;s popularizado). De acordo com a assessoria de organiza&ccedil;&atilde;o, bem como foram realizadas a&ccedil;&otilde;es como o aprimoramento do m&eacute;todo de abertura de contas, auditorias em contas agora existentes e a expans&atilde;o de detec&ccedil;&atilde;o de “comportamento mal-intencionado”.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License